Exposição Do Pixel ao Pincel. Fotos de Cyro José. Texto poético de João Novais

24 Abr

EXPOSIÇÃO DURANTE O FUNCIONAMENTO DO MEMORIAL

Terças, quartas, sextas-feiras e sábados:
das 10h às 17h30, com permanência até 18h

Quintas:
das 10h às 21h30, com permanência até 22h

Domingos:
das 10h às 15h30, com permanência até 16h

Pensando na variação artística da representação fotográfica é que o fotógrafo Cyro José Soares resolveu apresentar uma interessante faceta de seu trabalho, em 30 anos de carreira. Trata-se de uma coleção de imagens especialmente agraciadas pela licença artística, que podem ser percebidas como aquarelas, óleos, grafismos, estampas ou texturas, impressas em fine-art com textura canvas.
Cyro José é mineiro da cidade de Formiga. Tem diversos livros publicados e vários prêmios em concursos nacionais. O destaque de seu trabalho são os temas da natureza e da cultura popular. Andou pelas regiões mais remotas do país, fotografando tanto o ambiente, como o homem que vive nessas paragens.

Preço: Gratuito

Exposição Coletivo SCO2, de Camila Otto e André Hauck Curadoria: Guilherme Cunha e Bruno Vilela

24 Abr

24/02/2018 a 30/06/2018

EXPOSIÇÃO DURANTE O FUNCIONAMENTO DO MEMORIAL

Terças, quartas, sextas-feiras e sábados:
das 10h às 17h30, com permanência até 18h

Quintas:
das 10h às 21h30, com permanência até 22h

Domingos:
das 10h às 15h30, com permanência até 16h

O Coletivo SC02, composto por Camila Otto e André Hauck, apresenta os projetos Inventariar e Escavar o Invisível, formados por fotografias e vídeos realizados em momentos distintos no bairro Jardim Canadá em Nova Lima, região marcada pela peculiar proximidade de áreas industriais, residenciais e de mineração, como o Parque do Rola Moça.   

No projeto Inventariar, o coletivo utilizou procedimentos baseados em metodologias de catalogação museológicas em que foram coletados diversos objetos cotidianos descartados pelas pessoas, ressignificados e deslocados para o campo da arte. Escavar o Invisível é um mapeamento visual da ocupação estrutural e territorial do bairro Jardim Canadá. As imagens nos são apresentadas a partir de uma inquietude, que nos toma diante do silêncio das ruas, casas e vegetações registradas.

Preço: Gratuito

Centro de Arte Popular – Cemig recebe a exposição “Fibras Naturais e Papéis”

24 Abr - 10:00 às 19:00

23/03/2018 a 06/05/2018

O Centro de Arte Popular - Cemig inaugurou no dia 22 de março a mostra Fibras Naturais e Papéis, em comemoração ao dia do Artesão (19/03) e ao 6º aniversário do CAP. A mostra tem entrada gratuita e ficará em exibição até o dia 6 de maio de 2018, na Sala de Exposições Temporáris do Museu.

Preço: Gratuito

Mostra Fátima Pena - Aquarelas Belo Horizonte em exposição no Museu Mineiro

24 Abr - 10:00 às 19:00

02/03/2018 a 01/05/2018

O Museu Mineiro recebe a mostra Fátima Pena - Aquarelas Belo Horizonte. Trabalhos emaquarelas e bicos de pena, realizados ao longo de décadas, são objeto dessa mostra, que comemora os 120 anos de Belo Horizonte. A exposição inaugurada no dia 1º de março, tem entrada gratuita e ficará aberta a visitação até o dia  1º de maio de 2018, na Galeria de Exposições Temporárias II no Atrium do Museu Mineiro.

Local: Museu Mineiro

Preço: Gratuito

Exposição Do Pixel ao Pincel. Fotos de Cyro José. Texto poético de João Novais

25 Abr

EXPOSIÇÃO DURANTE O FUNCIONAMENTO DO MEMORIAL

Terças, quartas, sextas-feiras e sábados:
das 10h às 17h30, com permanência até 18h

Quintas:
das 10h às 21h30, com permanência até 22h

Domingos:
das 10h às 15h30, com permanência até 16h

Pensando na variação artística da representação fotográfica é que o fotógrafo Cyro José Soares resolveu apresentar uma interessante faceta de seu trabalho, em 30 anos de carreira. Trata-se de uma coleção de imagens especialmente agraciadas pela licença artística, que podem ser percebidas como aquarelas, óleos, grafismos, estampas ou texturas, impressas em fine-art com textura canvas.
Cyro José é mineiro da cidade de Formiga. Tem diversos livros publicados e vários prêmios em concursos nacionais. O destaque de seu trabalho são os temas da natureza e da cultura popular. Andou pelas regiões mais remotas do país, fotografando tanto o ambiente, como o homem que vive nessas paragens.

Preço: Gratuito