Gestão

Sob a gestão da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), o Circuito Liberdade é composto por 22 espaços culturais, dentre museus, arquivo público, biblioteca, centros de cultura e de formação. Abrigado em uma área histórica de Belo Horizonte (MG), na área definida pelo projeto original de 1895 da cidade de Belo Horizonte, delimitada pela Avenida do Contorno, o complexo já é reconhecido como um importante corredor de cultura do País, dedicado à promoção e ao acesso à cultura, à arte e ao patrimônio cultural.

Dentre os 22 espaços culturais, 13 são mantidos diretamente pelo Estado de Minas Gerais e nove por parceiros privados ou instituições públicas federais.

Com o intuito de potencializar a interlocução e a criação de uma rede colaborativa entre os espaços culturais, a gestão do Circuito Liberdade apoia-se em quatro comitês temáticos, sendo eles: Comunicação, Patrimônio, Programação e Educação, além do comitê Gestor.

Os comitês contam com representantes de todos os espaços que integram o Circuito e se reúnem uma vez por mês. Nestes encontros, são debatidos os projetos e ações em rede a serem realizados no Circuito Liberdade.

Os comitês também recebem especialistas em assuntos pertinentes aos temas em discussão para debater questões relacionadas à cidade e à gestão de projetos específicos. Desta forma, eles se configuram como espaços de diálogo do Circuito com agentes do cenário cultural e ligados às diversas áreas do conhecimento.

O Circuito Liberdade foi implantado pelo Governo de Minas Gerais e está sob gestão da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais.

EQUIPAMENTOS PÚBLICOS SOB A GESTÃO DO GOVERNO DE MINAS GERAIS

Arquivo publico Mineiro
BDMG Cultural
BDMG - Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais
Biblioteca Publica
Centro de Arte Popular
Cemig
FCS
Museu Mineiro
Palacio da Liberdade
UEMG
UEMG 30 anos

 

EQUIPAMENTOS PRIVADOS OU EM FUNCIONAMENTO POR MEIO DE PARCERIAS

Fiat
Banco do Brasil
Academia Mineira de Letras
Espaço do conhecimento Ufmg
Ufmg
mm gerdau
Gerdau
Memorial Minas vale
Vale
Minas Tenis

 

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
    • Ações em rede: em busca de soluções compartilhadas

      Articular ações em rede é um dos desafios permanentes do Circuito Liberdade. Tendo como ponto de partida a política estadual de cultura, a equipe do Circuito realiza projetos coletivos, que envolvem os diversos equipamentos culturais do complexo.

      O objetivo deste trabalho é ampliar os resultados das atividades e envolver novos grupos no desenvolvimento dos eventos. Em rede, as ações múltiplas e diversificadas alcançam um público maior, potencializam recursos e habilidades e também propiciam o aprendizado e o compartilhamento de soluções.

      Esta concepção, a partir de uma ótica de cooperação, é inerente ao projeto do Circuito Liberdade, que, sob a gestão da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais, se articula com o espaço urbano e os grupos artísticos e populares da capital e do estado de Minas Gerais.

      As ações em rede do Circuito Liberdade são executadas incluindo, além de todos os espaços do projeto, diversos parceiros institucionais públicos e privados. Algumas ações em rede importantes realizadas pelo Circuito são a Primavera de Museu, Semana do Patrimônio, Luzes da Liberdade, entre outros.

      Leia mais

  • Rota Turística Cozinha Mineira

    Rota da cozinha mineira no Circuito Liberdade está localizada na região central da capital, abraçada pelos limites da Av do Contorno e abrigando alguns dos atrativos mais simbólicos do circuito cultural, como o Mercado Central e o Museu de Artes e Ofícios.

    Na rota, os pontos turísticos se unem a estabelecimentos privados que têm a cozinha mineira no seu DNA, criando caminhos e oportunidades de desfrutar nossos sabores aliados à cultura mineira a partir de diversos pontos distintos, mas conectados pela nossa paixão pela comida que é produzida em Minas. 

    Saiba mais aqui