Programação do Natal Liberdade Cemig será fechada com Folia de Reis nesta quinta-feira

Na quinta-feira (06), Dia de Reis, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), realizará o encerramento da programação artística do Natal Liberdade Cemig, que iluminou o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte.Na quinta-feira (06), Dia de Reis, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), realizará o encerramento da programação artística do Natal Liberdade Cemig, que iluminou o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte.

Para fechar com chave de ouro a programação, aberta em 7 de dezembro, será realizada uma celebração com o cortejo de Folia de Reis. Participam os grupos dos Elias, Estrela de Ouro e Renascerianos, vindos de Itapecerica, no Centro-Oeste do estado. Eles serão recepcionados a partir das 16h, em frente ao prédio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG). A partir das 17h, eles seguem em cortejo em pela Alameda Travessia em direção aos Jardins do Palácio da Liberdade onde fazem a saudação ao Presépio e a entrega das bandeiras das folias ao Secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais Leônidas Oliveira. Em seguida, os grupos realizam a apresentação da tradicional dança de Trança Fitas.

A folia de reis é uma manifestação cultural e festiva, celebrada anualmente por católicos, que ocorre geralmente no dia 6 de janeiro. A data, na tradição cristã, marca o aniversário da visita dos três reis magos ao recém-nascido Jesus Cristo. A celebração é uma tradição mineira que já remonta há 300 anos e, por isso, em 2016, foi reconhecida pelo Conselho Estadual de Patrimônio de Minas Gerais como patrimônio cultural imaterial do estado. Na época, foi realizado um inventário pelo Iepha-MG, identificando 1.255 grupos de foliões, distribuídos em 326 municípios mineiros.

Natal Liberdade Cemig

O Natal Liberdade Cemig se caracterizou, neste ano, pela diversidade de espaços e de celebrações, proporcionando segurança e seguindo os protocolos sanitários em consonância com o Plano Minas Consciente, diante de mais um ano atípico em razão da pandemia. O intuito foi levar ao público a esperança que vem junto com o Natal, além das ações de retomada da Cultura e do Turismo no estado.

Ao todo, a programação contou com aproximadamente 60 atrações distribuídas nos diversos espaços integrantes do Circuito Liberdade, que hoje expande para equipamentos culturais dentro do perímetro da Avenida do Contorno, em Belo Horizonte. A grade era composta por cantatas, apresentações musicais e teatrais, mostra de artes, exposição de presépios, entre outros. O destaque foi para a tradicional iluminação natalina na Praça da Liberdade.

A tradicional iluminação natalina na Praça da Liberdade trouxe instalações de arte digital com muitas luzes e cores, pelos jardins e edificações além de projeções em diversas fachadas dos prédios históricos. O grande destaque foi o Palácio da Liberdade e seus Jardins que, pela primeira vez, receberam decoração e iluminação especiais , com portões abertos ao público para visitação.

O Natal Liberdade Cemig acolheu manifestações artísticas e atrações gratuitas de música, dança, exposições, performances, oficinas, e as tradicionais Bandas da PMMG e Cantatas Natalinas, que foram realizadas nos espaços dos equipamentos da rede do Circuito Liberdade.

A celebração do Natal nos locais emblemáticos da capital mineira teve a realização do Iepha e Circuito Liberdade e contou com o Patrocínio Master da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e copatrocínio da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH). Apoiaram o evento a Gerdau, a MRV, a Bossa Criativa, a Arte de Toda Gente, a UFRJ/Funarte, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMG), a Diretoria de Licenciamento de Atividades e Posturas da Subsecretaria de Regulação Urbana da PBH, a Coordenadoria de Atendimento Regional Centro-Sul, a BHTrans, a SLU e a Guarda Municipal.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s