Obra de Sebastião Nunes ganha exposição no Espaço Cultural Escola de Design da UEMG

Diversas atividades serão realizadas entre maio e junho, e programação é toda gratuita

 

O Espaço Cultural Escola de Design da UEMG recebe entre os dias 24 de maio e 22 de junho, exposição e diversos eventos sobre Sebastião Nunes. Lançamento de livros, palestras e oficinas em torno da obra do escritor, editor e artista gráfico mineiro podem ser conferidos pelo público. O Espaço Cultural, integrado recentemente ao Circuito Liberdade, ainda é pouco conhecido em Belo Horizonte e foi inaugurado em 18 de dezembro de 2018 com a Mostra Continuum (uma exposição de trabalhos de designers que tiveram sua formação ligada a Escola de Design). Desde sua inauguração, mais de cinco mil visitantes já passaram pelo local.

O edifício de arquitetura modernista, antiga sede do Ipsemg, projetado pelo arquiteto Raphael Hardy (1917-2005) receberá no segundo semestre desse ano a Escola de Design – UEMG, mas o Espaço Cultural já oferece ao público um pouco da expertise da faculdade. São diversos projetos que já acontecem nesse espaço amplo e de multiuso: mostras, exposições, feiras, palestras, seminários, exibições audiovisuais comentadas, rodas de conversa e aulas abertas.

 Onde está Sebastião Nunes?

 “Onde está Sebastião Nunes?” é a pergunta que orienta a série de ações que serão realizadas no Espaço Cultural Escola de Design – UEMG do final de maio ao final de junho. Ao longo de quase um mês de atividades, uma programação semanal trará convidados que irão explorar diversos lugares por onde Sebastião Nunes transitou ao longo de toda a sua carreira.

 Formada pela participação de diversos profissionais que trabalharam ou conviveram com o poeta. “Onde está?” é  um convite para olhar o seu trânsito por diferentes lugares de atuação artística: poeta, editor, artista gráfico. Ou ainda, procurar os lugares onde o texto de Nunes habita: no espaço urbano entre Belo Horizonte e Sabará. Sem esquecer, contudo, de investigar os formatos e modos de produção habilmente empregados pelo astuto Tião. E finalmente, “Onde está Sebastião Nunes?” olha com a irreverência devida para o fato de que, objeto de um evento-tributo, o poeta se muda, sem aviso prévio, para Portugal.

O início das atividades será no dia 24 de maio, com a abertura da exposição Sebastião Nunes: Delirante Lucidez, com a mostra de livros originais e uma análise das cinco décadas de produção impressa do artista mineiro. Com curadoria do autor e designer Gustavo Piqueira, a exibição foi realizada pela primeira vez na Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo, em novembro de 2018, e ganha uma versão ampliada em Belo Horizonte, com material inédito que inclui vídeos, bonecos do grupo Giramundo, e outras publicações de Tião.

Lançamento de livros

No dia da abertura será realizado também o lançamento de dois livros da editora Lote 42 de São Paulo, com a presença do autor Gustavo Piqueira e dos editores João Varella e Cecilia Arbolave.

Um caso liquidado: memórias e desvarios de um poeta inacabado reúne três textos inéditos de Sebastião Nunes, cada um com uma proposta estilística singular. Essa trilogia apresenta ensaios que vão de amplas questões filosóficas da condição humana a detalhes específicos do fazer literário. Um livro com forte teor memorialista, sem, contudo, abrir mão do humor crítico e da prosa aguda, tão característicos do trabalho do autor. A obra, com miolo composto em três tipos de papel, um para cada capítulo, traz ilustrações e design de Gustavo Piqueira.

Sebastião Nunes: delirante lucidez, nesse livro Gustavo Piqueira discute alguns dos principais trabalhos desse mineiro, que usa de linguagens como fotografia, colagens, poesia, entre outras, para se expressar. Esse é o terceiro volume da Coleção Gráfica Particular.

 Como o nome já diz, os livros dessa coleção buscam destacar itens específicos da produção impressa. Sebastião Nunes é o primeiro autor brasileiro a ser foco da coleção.

 PROGRAMAÇÃO

 Exposição:

Onde está Sebastião Nunes?

Abertura: Sexta-feira, 24 de maio, 19h

Período de visitação espontânea da exposição: 24/5 à 22/6

Horário - quarta a sábado de 14 às 19 horas

Oficinas:

ESTUDOS SOBRE O LIVRO: Edição, produção gráfica e design (ESGOTADO)

25/05 – Sábado: 13h às 21h30

MÓDULO 1: Das 13h às 15h30 - João Varella

O processo de edição.

MÓDULO 2: Das 16h às 18h30 - Cecilia Arbolave

Produção gráfica na prática

MÓDULO 3: Das 19h às 21h30 - Gustavo Piqueira

Design de livros

GRÁFICA MAMALUCA (VAGAS LIMITADAS)

30 e 31/5, 6 e 7/6, 13 e 14/6, 20 e 21/6

Quintas e Sextas das 14h às 18h

Claudio Santos e Ricardo Portilho (Tipolab/ED/UEMG)

 Palestras e exibições audiovisuais:

Quarta-feira, dia 29 de maio, 19h

Ricardo Portilho (Professor da Escola de Design – UEMG)

Palestra: Projeto autoral - interface entre arte, literatura e design

 

Quinta-feira – dia 06 de junho, 19h

Anna Flavia Dias Salles, Cristiane Zago e Rodolfo Magalhães (Artistas Audiovisuais)

(Sebastião Nunes no documentário Estética da provocaçam)

 

Quinta Quinta, dia 20 de junho, 19h

Lucia Castello Branco (professora e pesquisadora da UFMG)

Palestra: Livro “coisa de louco” Sebastião Nunes como designer

 

Sábado, dia 22 de junho, 14h

Flavio Vignoli (artista gráfico e pesquisador)

Palestra: Vitrines Abertas - Manipulação e discussão das obras originais, no encerramento da exposição

 O espaço receberá ainda os palestrantes: Marcos Malafaia (Grupo Giramundo) – relatando o processo de Montagem do espetáculo Antologia Mamaluca; Amir Brito Cadôr (Professor da UFMG, pesquisador de publicações de artista) – estabelecendo a relação de Sebastião Nunes e a publicidade, no Somos Todos Assassinos e Ricardo Aleixo (Poeta e perfomer), todos com datas a definir.

 

0
0
0
s2smodern
powered by social2s