Observatório do Circuito Liberdade debate a Agenda 2030 da ONU

Em novo formato, a partir deste mês, o público poderá enviar sugestões de temas para o debate 

O Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG) realiza, no dia 22 de março, quinta-feira, a 7ª edição do Observatório do Circuito Liberdade. Com o tema “Agenda 2030: cultura como oportunidade para o desenvolvimento sustentável”, o encontro acontece, das 19h às 21h, no auditório do Hub Minas Digital (edifício Rainha da Sucata), espaço recém-integrado ao Circuito Liberdade. A entrada é gratuita. 

No mesmo dia, será apresentado aos participantes o novo formato do Observatório que, em 2018, receberá sugestões diretas do público. Uma urna será montada no local para que as pessoas possam apresentar ideias e propostas de temas a serem debatidos nos próximos observatórios. As sugestões também poderão ser enviadas para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Agenda 2030

A Agenda 2030 é um plano de ação, com 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e 169 metas que, de acordo com a ONU, buscam fortalecer a paz universal com mais liberdade. Para isso, a erradicação da pobreza, em todas as suas formas e dimensões, é o maior desafio global e um requisito indispensável para o desenvolvimento sustentável. A declaração completa, com todos os objetivos e metas, pode ser acessada no site da ONU: www.nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030.

A cultura é uma âncora importante para o desenvolvimento. Em seu sentido estrito, ela forma a identidade criativa e artística de uma população, conferindo-lhe capacidade de expressão e de pertencimento a um projeto coletivo que tende a fortalecer o exercício da cidadania. Além disso, em seu aspecto mais funcional, quando tratada em segmentos econômicos, a cultura promove a geração de renda e emprego, a inclusão produtiva de grupos vulneráveis  e a regeneração de espaços e territórios.

Para compor a mesa do Observatório do Circuito Liberdade foram convidados Clarice Libânio (foto), professora da UFMG, socióloga, consultora nas áreas de cultura, desenvolvimento local, estudos ambientais e diagnósticos socioeconômicos; e Raimundo Soares, diretor do Instituto Orior e indutor dos movimentos intersetoriais para a concretização dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável 2030 da ONU. A conversa será mediada por Ana Flávia Machado, professora da UFMG, gestora do Espaço do Conhecimento UFMG e especialista em Economia da Cultura. 

Em Minas Gerais, o Instituto Orior é o responsável por implementar o programa, que integra as dimensões econômica, social e ambiental do desenvolvimento. A construção da agenda se baseia na ideia de que não se pode continuar com os mesmos padrões de produção, energia e consumo, sendo necessário transformar o caminho do desenvolvimento dominante para um desenvolvimento mais sustentável, inclusivo e com visão de longo prazo. 

Observatório aberto

O Observatório do Circuito é um fórum permanente de escuta da sociedade. Neste espaço, busca-se o diálogo com as universidades, movimentos sociais e coletivos de cultura, para que governo e sociedade possam pensar juntos em soluções para as políticas de Cultura de Minas Gerais. Tendo a cidade como foco, o Observatório debate temas como mobilidade, segurança, apropriação ou re-apropriação dos espaços públicos, inserção de novos agentes no contexto da produção e da recepção culturais, violência contra a mulher, segregação de minorias, acessibilidade, dentre outros.

A partir desta edição, os temas discutidos serão retirados de um banco de sugestões enviadas pelo público. Para sugerir um tema, um e-mail deve ser enviado para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. com o assunto “Sugestão Observatório”. Os assuntos serão escolhidos e agrupados pelo Circuito Liberdade para serem debatidos nas próximas edições do fórum, ao longo do ano.

Serviço
7ª edição do Observatório do Circuito Liberdade
Data: 22 de março, quinta-feira
Horário: das 19 às 21h
Local: Auditório do Hub Minas Digital (edifício Rainha da Sucata) – Circuito Liberdade. Av. Bias Fortes, 50 - Lourdes, Belo Horizonte – MG.
Entrada gratuita

 

 

0
0
0
s2smodern
powered by social2s